Aos colegas professores!



APESAR DE TERMOS O PIOR IDEB DO NORDESTE NÃO PODEMOS DESISTIR...




O PROFESSOR ESTÁ SEMPRE ERRADO
Jô Soares


O material escolar mais barato que existe na praça é o professor!
É jovem, não tem experiência.
É velho, está superado.
Não tem automóvel, é um pobre coitado.
Tem automóvel, chora de "barriga cheia'.
Fala em voz alta, vive gritando.
Fala em tom normal, ninguém escuta.
Não falta ao colégio, é um 'caxias'.
Precisa faltar, é um 'turista'.
Conversa com os outros professores, está 'malhando' os alunos.
Não conversa, é um desligado.
Dá muita matéria, não tem dó do aluno.
Dá pouca matéria, não prepara os alunos.
Brinca com a turma, é metido a engraçado.
Não brinca com a turma, é um chato.
Chama a atenção, é um grosso.
Não chama a atenção, não sabe se impor.
A prova é longa, não dá tempo.
A prova é curta, tira as chances do aluno.
Escreve muito, não explica.
Explica muito, o caderno não tem nada.
Fala corretamente, ninguém entende.
Fala a 'língua' do aluno, não tem vocabulário.
Exige, é rude.
Elogia, é debochado.
O aluno é reprovado, é perseguição.
O aluno é aprovado, deu 'mole'.

É, o professor está sempre errado, mas, se conseguiu ler até aqui,
agradeça a ele!
Esta é para ser repassada mesmo.

E atualmente ainda temos o desprazer de ouvir O GOVERNADOR DO ESTADO DE ALAGOAS RINDO DOS SERVIDORES  (VEJA NO  YOU  TUBE ) - QUANDO QUESTIONADO PELO REPORTER SOBRE O SALÁRIO.
Texto enviado pela amiga Profª Adva Almeida por email(S.Miguel dos Campos-AL)



 PÉROLAS DE RUBEM ALVES
     Para o estudo de certas profissões, exige-se que o candidato passe por um exame de aptidão.É o caso da música. Não basta desejar ser músico. É preciso ter qualificações necessárias para a profissão de músico. Eu acho que o mesmo deveria ser obrigatório para aqueles que querem ser professores.Um teste de aptidão para os candidatos ao magistério seria assim: o candidato seria solto no pátio onde se encontram muitas crianças. Se ele se enturmasse com elas, desse risadas e participasse das brincadeiras e atividades, seria aceito. Caso contrário, deveria procurar outra profissão, ainda que tivesse tirado dez em todas as provas teóricas.

       (Profº Samuel Lago "O melhor de Rubem Alves" página 44)



SÍNDROME DE BURNOUT?CUIDADO!
 A síndrome se efetiva e se estabelece no estágio mais avançado do estresse, sendo notada primeiramente pelos colegas de trabalho, depois pelas pessoas atendidas pelo profissional e, em seu estágio mais avançado, pela própria pessoa quando então decide buscar ajuda profissional especializada.
Os Sintomas podem ser físicos, exaustão e fadiga; psicológicos, quadro depressivo e irritabilidade; comportamentais, evita os alunos e fazer contato visual. E tem como consequências mais comuns a apatia ou cinismo nos diálogos, dificuldade em desempenhar papéis, diminuição dos contatos sociais, negligência nos cuidados pessoais, entre outros.
Inicia-se com o desânimo e a desmotivação com o trabalho e pode culminar em doenças psicossomáticas, levando o profissional a faltas frequentes, afastamento temporário das funções e até à aposentadoria, por invalidez.
SINTOMAS:
Os sinais e sintomas nos estágios iniciais da burnout são praticamente os mesmos do estresse e da depressão, mas ainda não está caracterizada a síndrome, pois esta só se efetiva nos estágios mais avançado da doença, apresentando características próprias que a diferencia de outras psicologias, tais como o estresse e a depressão. A divisão dos sinais e sintomas em quatro estágios facilita o entendimento da evolução da doença.
A síndrome de burnout se caracteriza pelo estresse crônico vivenciado por profissionais que lidam de forma intensa e constante com as dificuldades e problemas alheios, nas diversas situações de atendimento.
                                                                      http://www.saudedoprofessor.com.br/


Ser professor
é professar a fé
e a certeza de que tudo
terá valido a pena
se o aluno sentir-se feliz
pelo que aprendeu com você
e pelo que ele lhe ensinou...


Ser professor é entrar cansado numa sala de aula e,
diante da reação da turma,
transformar o cansaço numa aventura maravilhosa de ensinar e aprender...

Ser professor é importar-se com o outro numa dimensão de quem cultiva uma planta muito rara que necessita de atenção, amor e cuidado.

Ser professor é ter a capacidade de "sair de cena, sem sair do espetáculo."

Ser professor é apontar caminhos,
mas deixar que o aluno caminhe com seus próprios pés...

Autor desconhecido


Quando eu crescer, não vou querer ser Professora!

Fui alfabetizada em 03 meses, ao final sabia ler e escrever. Penso que foi tão rápido porque desde pequena folheava os gibis em casa e inventava histórias de acordo com as ilustrações. Hoje sei que isso também era leitura. Lembro-me ainda do meu professor de Geografia, o Agnaldo, na cidade de Guaraí-Go, na minha quinta série. Da minha primeira professora, de nome Neuza, na escola Emanuel Pinheiro, em Rondonópolis..e da segunda professora, Luíza, tão boa para os alunos que preferia chorar em sala de aula a chamar a atenção de algum..e me lembro ainda da professora de Português da terceira série, a Ilza, nome estranho, pessoa tanto quanto, tão séria que dava medo e que descobri depois ter um coração enorme. Lembro de muitos mais e tenho todos guardados com muito carinho no meu coração. Ajudaram-me a ser quem eu sou.
Tenho 40 anos. Não muito, mas em relação aos valores morais e humanos, nessas quatro décadas muita coisa mudou. Hoje, filhos mandam nos pais, agridem e alguns até matam. Não se pode mais começar a trabalhar cedo, eu comecei com 14 anos, não morri, não roubei, nunca matei, graças a Deus.E não cresci revoltada ou traumatizada. Em casa o lema era "escreveu, não leu, o pau comeu". Se a mãe falava, era pra obedecer. Ela estava sempre certa. Nunca a respondi, gritei ou falei, não que não tivesse vontade até de vez em quando (sou normal), mas havia o respeito por ser minha mãe, por ser uma pessoa mais velha, por ter mais experiência até e ver lá no futuro o que talvez eu não estivesse enxergando no momento. Lembro também nesse interím dos meus 40 anos, das pregações por uma sociedade mais livre e que a palmada traumatizava. E hoje uma mãe na escola, e não é a primeira, disse: "Olha, professores, eduquem vocês, porque eu não dou conta..."  Certo, ela não dá conta e acredita então que o(a) professor(a) tem a responsabilidade de conseguir o que ela não consegue?
Hoje em dia e cada vez mais, professor é um pouco de cada: psicólogo, pai, mãe, amigo, palhaço na frente da sala para chamar a atenção dos alunos, um ser criativo, inovador, provocador,estudante 24 horas por dia, têm mais reuniões pedagógicas que muitos empresários por aí, insatisfeito, ganha pouco, é estressado, depressivo. Um acúmulo de funções, pressões e redundâncias que deixam o professor(a) ser tudo em sala de aula, menos SÓ PROFESSOR(A), aquele que era responsável pelo conhecimento formal, pedagógico.
Antigamente, as crianças brincavam tendo em mente:quando eu crescer, vou ser professor(a). Hoje, pouquíssimas crianças tem essa mentalidade. Até brincam de serem professores, mas quando você pergunta o que você quer ser quando crescer, vai ouvir inúmeras respostas. Meu filho de dez anos, por exemplo, me diz que quer ser roteirista de cinema (e por que eu nunca pensei nisso antes?).
Da mesma forma que não se faz um casamento brincando de "casinha", não se cria filhos sem regras, sem ensinar valores e conceitos do que é certo ou errado.Para educar, vale o princípio da "àgua mole em pedra dura, tanto bate até que fura". Não podemos deixar de falar o que está errado, nem de apontar atitudes negativas e, principalmente, não podemos deixar de oportunizar aos filhos e alunos o diálogo (mesmo que em outra hora, quando estivermos mais calmos). Não é possível, ainda, relegar a educação maternal e paternal dos filhos a outros.
Sinceramente, se a coisa continua assim, quando eu crescer, também não vou querer ser professor(a). E você?


Autoria do Texto: Jô Angel Publicado originariamente no Blog Análise de Textos.

Ser professor é consumir horas e horas
pensando em cada detalhe daquela aula que,
mesmo ocorrendo todos os dias,
a cada dia é única e original..
.





Comentários recentes

Conheça a história da Assembléia de Deus de Sergipe



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
A MULHER SEGUNDO CORAÇÃO DE DEUS!