1

Caminhando



Denise Alves
     Gosto de fazer trilhas. Caminhar horas no meio de muito verde, passando por belas paisagens, visitando algumas cachoeiras, formações rochosas diferenciadas, verdadeiras esculturas naturais, respirando ar puro e ouvindo sons dos pássaros. Esses são alguns dos atrativos pelos quais recomendo você a fazer uma bela trilha, perfeito não? Mas preciso lhe alertar sobre um detalhe: Contrate um bom guia.

     Ao caminhar por lugares desconhecidos a presença de um Guia se faz extremamente necessária. Se aventurar sem o mínimo de conhecimento sobre qual caminho tomar pode ser muito perigoso – não são raras as notícias de grupos imprudentes que se perdem e arriscam suas vidas em um ambiente hostil.

     O mesmo recomendo sobre a aventura que é caminhar nesta Terra. Contrate um bom Guia. Alguém que saiba para onde está indo. Alguém que conheça o caminho a ser seguido. Dê preferência a experiencia: que o Guia já tenha estado no local antes. Dessa forma, só posso te recomendar um: Jesus Cristo.

     Jesus é o único guia confiável para te levar em segurança pelas trilhas dessa vida rumo ao destino final. Ele esteve aqui antes de nós (E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós – Jo 1.14), conhece bem as dificuldades a serem enfrentadas (Como nós, em tudo foi tentado – Hb 4.15a), ultrapassou todos as barreiras possíveis (Mas sem pecado – Hb 4.15b), e chegou em segurança ao seu destino(subiu aos Céus e está sentado à destra de Deus – Mc 16.19).

     Nele podemos confiar. Suas credenciais o habilitam como Guia (Eu o conheço Pai e estes sabem que o Senhor me enviou – Jo 17.25b). O testemunho do Pai o certifica: Este é meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi (Mt 17.5). E ele ficará do nosso lado até o final: eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos (Mt 28.20).

     Em meio à cidade grande, com seus prédios e automóveis, em tempos de internet e GPS pode não parecer que precisemos de um Guia. Mas nessa selva de pedras é que residem os maiores perigos de desviarmos do caminho correto e entramos em um beco sem saída, que nos custará tempo e energia no retorno ao caminho correto, isso quando não poe nossa vida em risco ao nos levar a beira de um precipício.

Eu não sei você, mas me sinto diariamente fazendo uma trilha pela vida, esse lugar maravilhoso, cheio de encantos, que me deslumbra (E viu Deus que era bom – Gn 1), mas ao mesmo tempo cheio de perigos e armadilhas. Por isso elejo Jesus como meu guia. Afinal de contas, somos peregrinos nessa terra (1 Pe 2.11).

Um comentário:

Obrigada por comentar, volte sempre!

Comentários recentes

Conheça a história da Assembléia de Deus de Sergipe



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
A MULHER SEGUNDO CORAÇÃO DE DEUS!