0

: É lícito o Cristão Convertido fazer tatuagens?





http://blogdopilha.com/wp-content/uploads/2015/08/Sem-T%C3%ADtulo-1.gif

É lícito o Cristão Convertido fazer tatuagens? "Tatuagens" Pode ou não pode? É pecado ou não? Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as c...


Encontrei no blog do pastor Josiel Dias, esse texto ,achei claro e bem completo com relação ao tema, confiram!

0

Gratos por tanta generosidade

  1.      O que é isso? Virtude daquele que se dispõe a sacrificar os próprios interesses em benefício de outrem.
  2. Será que ainda existe,em uma época de tanto egoísmo? As ocasiões nos mostram que sim, e graças a Deus, que ainda existem pessoas dispostas a sacrificar os próprios interesses em benefício de alguém!
              Assisti a um vídeo , que falava sobre uma filosofia africana(UBUNTU) que nos diz que sozinhos não seremos felizes! Mas, muitas pessoas não pensam assim e nem agem assim e ainda desacreditam que alguém possa fazê-lo,Mas tudo bem somos livres pra pensar e agir como quisermos, não é?!
  3.           Eu prefiro continuar acreditando que minha plena felicidade dependerá da forma que eu a compartilho, "Farinha pouca meu pirão primeiro!"Não deverá fazer parte da minha prática diária,isso pode parecer demagogia ,alguém pode até dizer: Sonha Alice! E eu continuarei sonhando, sonhando que o ser humano tem jeito, que podemos ser pessoas melhores, que podemos fazer a diferença!
  4.           Jamais esquecerei o dia 31 de maio de 2016,quase as 23 h, voltávamos felizes, eu , meu marido e meus dois  filhos, da cidade de Monte Alegre com destino a Aracaju, próximo a cidade de Aparecida,meu marido dirigia um Fiat Atractive, em 100 km/h, fomos surpreendidos por 3 cavalos, ele tentou desviar, sem sucesso,batemos, fomos parar na contra mão,vivos sãos e salvos!

      Pensamos até chegar o guincho ficaremos aqui sozinhos, aos nossos olhos, no meio do nada,fomos mais uma vez surpreendidos pelo cuidado de Deus através da generosidade das pessoas que nos assistiram,primeiro um jovem casal que viajava com destino a Monte Alegre, de onde vinhamos, parou ofereceu-nos o carro pra sentarmos enquanto vinha o socorro, ficou conosco até nossos amigos pastores chegarem, que conforto,eles podiam estar cansados, mas pararam, eles podiam ficar com medo, mas pararam para nos apoiar em uma hora difícil, e muito difícil, amigos anônimos,nossa sincera gratidão!
   Gratidão ao nosso amigo querido pastor presidente Virgínio Carvalho e toda comitiva de obreiros que chegaram em seguida nos trazendo a certeza de que temos amigos que tornam-se irmãos na hora da angústia.Gratos aos pastores que nos conduziram de volta a Aracaju (Pr. Ediê e Robson);Como agradecer? Orando e sendo generosos em qualquer circunstância!
     Estamos bem, revivemos, pois tudo poderia terminar da pior maneira.
     Eu costumo dizer porque acredito que o sofrimento é pedagógico, aprendemos muito e precisamos aprender  mais.
Sem Jesus nada podemos fazer e somos instrumentos dele aqui nesta terra, então vamos deixar fluir em nós este sentimento de generosidade e compaixão pelo próximo!
Que alegria chegar na casa da família e ser abraçados com o sentimento de gratidão a Deus pelo dom da vida!
       Te amo Deus!
       Oro para que  atitudes generosas não sejam exceções!

Juntos e felizes em meio as adversidades!


0

Voltando...

     O tempo passa, mas parece que corre ou voa, sem lá! Cinco anos do meu blog e eu fiquei tanto tempo sem postar, meu computador quebrou, fiquei enrolada numa pós graduação que mais parecia um mestrado, (Quem dera!!!) e ainda bem que minha amiga Denise Alves não me desampara e sempre envia um dos seus excelentes textos , enfim estou de volta:
 
 
Agradeço aos queridos que não deixaram de me visitar e comentar, que Deus vos abençoe, meus sinceros votos de felicitações e que tudo prospere em sua vida!
Estamos vivendo momentos dificeis em nosso país, precisamos nos unir e clamar ao Pai Celeste que nos guarde bem em seu amor, que sejamos sóbrios e serenos, pois o momento exige!
Quero convidá-los a refletir um pouco na palavra de Deus, vamos?!
 Lembra da ida de Paulo a Roma?Eles enfrentaram uma grande tempestade,parecia que iam naufragar, mas Deus enviou a Paulo uma mensagem que se todos permanecessem no navio, escapariam com vida!
Muitas vezes estamos assim , nosso navio (vida) em um mar revolto, parece que vai naufragar,mas precisamos entender e aceitar que a vontade de Deus é o melhor lugar para ficar, só assim não seremos tragados pelas ondas.
Os que confiam no Senhor renovarão suas forças, espere Nele, sem desistir, no tempo certo chegaremos em terra firme, não seremos provados além das nossas forças!
Ainda que a árvore seja cortada, haverá sempre esperança!Deus cuida de nós!!!
 

 
1

Jeová Nissi


 
09/03/2016 
 
"O Senhor é minha bandeira" (Êxodo 17:15). Percebo ser essa uma expressão um tanto incompreendida pela igreja moderna. Sem querer entrar na questão hebraico-português mas fazendo uma analogia histórico-medieval, vamos nos lembrar do que já vimos em alguns filmes desse gênero. 
Quando um exército saía para guerra contra um inimigo, além de usarem toda uma vestimenta específica, eles carregavam a sua frente uma estaca com o brasão(uma bandeira) do reino ao qual pertenciam e pelo qual lutavam, lembra? E só essas informações já nos dizem muito sobre a expressão “Jeová Nissi”. 
Podemos deduzir em primeiro lugar que as pessoas que compõem esse exército residem em um local normalmente chamado de reino. Por consequência, os reinos são governados por um rei. Esse rei convoca pessoas que queiram fazer parte do seu exército. E quando essas pessoas atendem ao chamado são enviadas para uma guerra contra povos inimigos. Para se identificarem fora de seu território eles carregam estandartes – aquelas bandeiras pendurados em longas estacas. 
Façamos então as devidas transposições: Somos cidadãos do reino dos céus (território – SL 100.3), governado por um rei (Jesus – AP 19.16), que convoca pessoas para seu exército (salvação – MT 11.28), para lutar contra inimigos (que não são de carne ou sangue – EF. 6.12), e cuja bandeira é o amor (JO 13.35). 
Logo, quando você usa a expressão JEOVÁ NISSI, você não está dizendo que Deus está lutando as suas lutas, pelo contrário, você está dizendo que VOCÊ está lutando as lutas de Deus, pois um soldado não luta em causa própria mas em nome do Rei. 
Por essa razão o uso equivocado desse nome de Deus em uma igreja cada vez mais incapaz de analisar se os seus interesses são: legítimos interesses celestes ou meros caprichos humanos em busca de satisfação pessoal, para não dizer, uma indisfarçável vaidade de subjugar o outro em supostas vitórias. 

Desse modo, quando pensarmos novamente em dizer que o “Senhor é a nossa bandeira”, estejamos certos de que nossa real intenção é dizer para o mundo que fazemos parte do reino dos céus, que temos a Jesus como Rei e que não lutamos mais pelos nossos próprios interesses, antes defendemos os interesses Dele, cujo estandarte é o Amor, e a vitória está em que: “Venha o TEU reino, faça a TUA vontade, assim na terra, como nos céus”(MT 6.10). 

Conheça a história da Assembléia de Deus de Sergipe



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
A MULHER SEGUNDO CORAÇÃO DE DEUS!